Integridade, o plano de Deus para o homem

homem-orando-a-deus

INTEGRIDADE, O PLANO DE DEUS PARA O HOMEM

 

ÍNTEGRO: reto, incorrupto

    

MOSTREMOS QUE SOMOS ÍNTEGROS

Seja a vossa equidade notória a todos os homens. Perto está o Senhor.

Filipenses:4. 5 (arc)

EQÜIDADE: Conjunto dos princípios imutáveis de justiça.  Justiça igual por todos. Retidão

Os homens deverão perceber que temos a mente de Cristo e que, a justiça, é um dos atributos do caráter de Deus e por isso andamos em justiça.

 

ANDANDO EM INTEGRIDADE, ESTAMOS SEGUROS

Quem anda em integridade anda seguro, mas o que perverte os seus caminhos será conhecido.

Provérbios 10.9 (ara)

 Quem tentar perverter a verdade será desmascarado e disciplinado por Deus. (beg)

 

A INTEGRIDADE GUIA-NOS A VITÓRIA

A integridade dos retos os guia; mas, aos pérfidos, a sua mesma falsidade os destrói.

Provérbios 11.3(ara)

Integridade. Esta palavra deriva-se de uma raiz hebraica que significa “completo”. Ela indica retidão e perfeição éticas. A orientação na vida é posta dentro de sua estrutura ética. Um relacionamento correto com o Senhor conduz a um curso reto na vida. (beg)

 

OS ÍNTEGROS SÃO CUIDADOS PELO SENHOR

O SENHOR cuida da vida dos íntegros, e a herança deles permanecerá para sempre. (19) Em tempos de adversidade não ficarão decepcionados; em dias de fome desfrutarão fartura.

Salmos 37.18 e 19(nvi)

 

Quando vivemos uma vida íntegra diante de Deus e dos homens, podemos ter plena confiança, de que o Senhor cuida de nós. Nos tempos de adversidade, a sua graça se fará sentir sobre nós.

 

SEREMOS JULGADOS PELO SENHOR

O SENHOR julgará os povos; julga-me, SENHOR, conforme a minha justiça e conforme a integridade que há em mim.  (Davi)

Salmos 7.8 (arc)

Há um pano de fundo judicial neste salmo de refúgio. Deus devia julgar entre o salmista e os seus oponentes. (beg)

 

SER ÍNTEGRO ATÉ A MORTE (Dr.

(4) – Meus lábios não falarão maldade, e minha língua não proferirá nada que seja falso.

(5) – Nunca darei razão a vocês! Minha integridade não negarei jamais, até a morte.

(6) – Manterei minha retidão, e nunca a deixarei; enquanto eu viver, a minha consciência não me repreenderá.

Jó 27.4 a 6 (nvi)

Jó limitaria seu discurso à verdade. Ele não estava ansioso por enganar e não rebaixaria sua integridade para fazer isso. Foi assim que, ao fazer esse juramento e começar a falar, Jó garantiu a absoluta veracidade do que estava dizendo. Jó manteve a sua integridade por não ter negado a validade de seus argumentos. A consciência (coração) de Jó era clara e limpa. Essa condição continuaria enquanto Jó vivesse. (nti)

 

BIBLIOGRAFIA UTILIZADA

Bíblia  –  Almeida Revista Corrigida (arc)

Bíblia  –  Almeida Revista Atualizada (ara)

Bíblia  –  de Estudo Genebra (beg)

Bíblia  –  Nova Versão Internacional (nvi)

Novo Testamento Interpretado (nti)

 

Pr. João da Cruz Parente

E-mail: prparente@gmail.com

Para ler mais artigos do autor (Clique aqui)

                                        PÁGINA INICIAL / ÍNDICE DAS MENSAGENS

Deixe seu comentário