Deus quer que…

quando-deus-quer

DEUS QUER QUE…

 

 

VIVAMOS  EM UNIÃO

Oh! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união!

Salmos 133. 1 (arc).

“Que os irmãos vivam em união!” Este salmo expressa a mesma verdade espiritual que Jo. 17, quando Jesus orou para que seus discípulos fossem alicerçados em amor, santidade e unidade. Ele sabia que o Espírito Santo não poderia operar entre eles, havendo divisões causadas por pecado e ambições egoístas (ver I Co. 1.10-13; 3.1-3). Por outro lado, o fervente amor a Deus e ao próximo, aliado à santificação na verdade da Palavra de Deus, fará com que Ele esteja entre os seus e os unja.  (bep)

 

TODOS SEJAMOS UM

Para que todos sejam um, como tu, Ó Pai, o és em mim, e eu, em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.

João 17. 21 (arc).

“…para que o mundo creia que tu me enviaste…” O Senhor Jesus fez esta solicitação com propósitos evangelísticos. A verdadeira unidade da igreja cristã em que os crentes vivem em harmonia, norteados para propósitos comuns e elevados, onde cada membro ame cristãmente aos outros, cuidando dos demais, e buscando o bem mútuo de todos, seria uma poderosa lição objetiva, aos olhos do mundo inteiro, acerca da validade da missão de Cristo, de que a sua missão lhe fora verdadeiramente conferida da parte de Deus Pai. (nti)

 

SEJAMOS SANTIFICADOS NA VERDADE

Santifica-os na verdade; a tua Palavra é a verdade.

João 17. 17 (arc).

Um seguidor de Cristo se torna puro e santo por meio da fé e da obediência à Palavra de Deus (Hb. 4. 12). Ele já aceitou o perdão advindo da morte sacrificial de Cristo (Hb. 7. 26, 27). Mas a aplicação diária da Palavra de Deus tem um efeito purificador em nossa mente e em nosso coração. As Escrituras tornam os pecados manifestos, motivam-nos a confessá-los e nos guiam de volta ao caminho certo, renovando o nosso relacionamento com Cristo. (beap)

 

FALEMOS SEMPRE A VERDADE

Por isso, deixando a mentira, fale cada um a verdade com o seu próximo, porque somos membros uns dos outros.

Efésios 4. 25 (ara)

“…fale cada um a verdade com seu próximo…” Trata-se de uma citação extraída de Zac. 8: 16. O motivo ali exposto para que se use da veracidade é que o Senhor abomina o mal, e a mentira é um dos males abominados. E neste ponto se destaca o pensamento que somos “um só corpo”, que cada um de nós é responsável pelo bem-estar dos demais, razão pela qual não devemos ser falsos para com os outros, já que isso produz um efeito debilitador no corpo de Cristo, que se funda sobre a verdade. (nti)

 

NÃO TENHAMOS AMBIÇÃO EGOÍSTA

Nada façam por ambição egoísta ou por vaidade, mas humildemente considerem os outros superiores a si mesmos.

Filipenses 2. 3 (nvi).

O egoísmo tem o poder de arruinar uma igreja, enquanto a verdadeira humildade pode edificá-la. Ser humilde inclui possuir uma perspectiva real a respeito de si mesmo (ver Rm. 12.3). Isso não quer dizer que devamos permanecer inativos. Perante o Senhor, somos todos pecadores, salvos somente pela sua graça; portanto, temos grande valor no Reino de Deus. Devemos colocar de lado o egoísmo e tratar nossos semelhantes com respeito e cortesia. Considerar os interesses dos outros como mais importantes do que os nossos estreitará nossa ligação com Cristo, que foi o verdadeiro exemplo de humildade. (beap)

 

BATALHEMOS  PELA FÉ A NÓS CONFIADA

Amados, procurando eu escrever-vos com toda a diligência acerca da comum salvação, tive por necessidade escrever-vos e exortar-vos a batalhar pela fé que uma vez foi dada aos santos.

Judas 3 (arc)

A palavra “batalhar” (gr. epagonizomai) descreve a luta que o crente fiel deve travar na defesa da fé. Significa, literalmente, “contender”, “estar sobre muita pressão”, ou “travar uma luta”. Devemos esforçar-nos ao máximo na defesa da Palavra de Deus e da fé segundo o NT, mesmo se isso nos for custoso e agonizante. Devemos negar-nos a nós mesmos e, se necessário for, sofrer o martírio em prol do evangelho (cf. 2 Tm. 4. 7).

Batalhar pela fé significa tomar posição firme contra aqueles que, dentro da igreja visível, negam a autoridade da Bíblia ou distorcem a fé original anunciada por Cristo e pelos apóstolos; significa também pregar essa fé como verdade redentora a todos os povos.

Quem é leal a Cristo e à fé integral do NT, nunca deve permitir que sua mensagem seja enfraquecida, caso a sua autoridade seja comprometida, sua verdade distorcida e seu poder e suas promessas enfraquecidas mediante explicações forjadas. (bep)

 

BIBLIOGRAFIA UTILIZADA

Bíblia  –  Almeida Revista Corrigida  (arc)

Bíblia  –  Almeida Revista Atualizada  (ara)

Bíblia  –  Bíblia Nova Versão Internacional  (nvi)

Bíblia  –  de Estudo Pentecostal  (bep)

Bíblia  –  de Estudo de Aplicação Pessoal  (beap)

Novo Testamento Interpretado  (nti)

 

Pr. João da Cruz Parente

E-mail: prparente@gmail.com

Para ler mais artigos do autor (Clique aqui)

 
                                           PÁGINA INICIAL / ÍNDICE DAS MENSAGENS

Deixe seu comentário