Archive for janeiro, 2010

O caminho para a salvação.

30 janeiro, 2010
Você deseja receber Cristo como seu Senhor e Salvador pessoal?

Quando você recebe a salvação e a esperança em Cristo, sua decisão leva em conta quatro verdades básicas:

1. Conhecer o amor de Deus.

Deus o ama e deseja que você tenha uma vida de paz e esperança. A mensagem que você acaba de ouvir enfatiza esse fato.

A Biblia diz: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” João 3.16

2. Reconhecer o problema humano.

Toda a pessoa está separada de Deus. Escolhemos desobedecer a Deus e seguir nosso próprio caminho. Essa atitude egoísta nos separa de Deus e cria um abismo entre Deus e nós.

A Bíblia diz: “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus”
Romanos 3.23

3. Receber o remédio que Deus oferece para a nossa crise: A cruz.

Deus enviou seu Filho ao mundo para ser a ponte que cruza o abismo da separação.
Cristo recebeu o castigo dos nossos pecados quando morreu na cruz.

E ele ressuscitou dentre os mortos para dar-nos nova vida, esperança e restaurar nossa amizade com Deus.

A Bíblia diz: “Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós sendo nós ainda pecadores” Rom. 5.8

4. Receber Cristo como Salvador e Senhor.

Quando você convida Cristo a entrar em sua vida, você cruza a ponte, passa á uma nova vida, sendo introduzido na família de Deus.

A Bíblia diz: “todos quantos receberem deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus”
João 1.12

Ao receber Cristo você:

Admite sua necessidade (perdoa-me pelos meus pecados)

Esta disposto a deixar os seus pecados ( “Quero deixar o mal que tenho praticado”)

Crê que Jesus Cristo morreu por você na cruz e que ressuscitou dentre os mortos para dar-lhes vida nova (“Creio que Jesus Cristo morreu por mim”)

Com uma oração convide Jesus Cristo a entrar em sua vida e assumir o controle (“Convido-te, senhor, a entrar em minha vida hoje”)

Se você deseja aceitar a Cristo faça esta oração:
“Deus reconheço que a minha vida não é como Tu desejas e que necessito de ti em minha vida diária. Peço-Te que me perdoe por todos os meus pecados. Quero deixar as coisas más que tenho praticado. Creio que Jesus Cristo Teu amado Filho, morreu por mim na cruz, foi sepultado e ressuscitou, para dar-me uma nova vida cheia de esperança. Senhor Jesus convido-Te a entrar em minha vida hoje. Quero seguir-te e participar de uma igreja local. Em nome de Jesus Cristo, Amém”.

Você fez esta oração?

Crescimento dos evangélicos pode mudar o Brasil

30 janeiro, 2010

0,,20844523,00

A edição de aniversário da Revista Época, publicada em 25 de maio, apresenta uma série de matérias com previsões para o Brasil em 2020. O crescimento evangélico é abordado em uma das matérias. Baseado em dados estatísticos do SEPAL, estima-se que 50% da população brasileira poderá ser evangélica. Para a revista, a influência evangélica em 2020 contribuirá para a diminuição no consumo do álcool, o aumento da escolaridade e a diminuição no número de lares desfeitos, já que a família é prioridade para os evangélicos.

Veja na íntegra »

A Bíblia em áudio mp3

28 janeiro, 2010
Bíblia em Audio


“Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente preparado para toda boa obra.”  (2 Timóteo 3:16-17)


Ao clicar em cima do livro abre uma janela com o Windows Media player.  Para passar para capítulos seguintes, carregar no botão de busca da próxima faixa.

Velho Testamento


GÊNESISÊXODOLEVÍTICONÚMEROSDEUTERONÔMIO

JOSUÉJUÍZES RUTEI SAMUELII SAMUEL1 REIS2 REIS

1 CRÔNICASII CRÔNICASESDRASNEEMIASESTER

SALMOSPROVÉRBIOSECLESIASTES CÂNTICO DOS CÂNTICOS

ISAÍASJEREMIASLAMENTAÇÕES DE JEREMIASEZEQUIEL

DANIELOSÉIAS JOELAMÓSOBADIASJONASMIQUÉIAS

NAUMHABACUQUESOFONIASAGEUZACARIASMALAQUIAS

Novo Testamento

MATEUSMARCOSLUCASJOÃOATOS DOS APÓSTOLOS

ROMANOSI CORÍNTIOSII CORÍNTIOSGÁLATASEFÉSIOS

FILIPENSESCOLOSENSESI TESALONICENSESII TESALONICENSES

I TIMÓTEOII TIMÓTEOTITOFILEMOMHEBREUSTIAGO

I PEDROII PEDROI JOÃOII JOÃOIII JOÃOJUDAS

APOCALIPSE

A volta de Jesus Cristo

25 janeiro, 2010

a-volta-de-jesus-cristo

A Segunda Vinda de Cristo

O Novo Testamento apresenta vasta cópia de previsões da Segunda Vinda de Cristo: cerca de 300 referências têm sido verificadas. A matéria tem dado margens ás mais variadas interpretações, oriundas em grande parte da tentativa de se entrosar as diferentes previsões umas com as outras como se fossem peças de um quebra-cabeça, e assim preparar unta espécie de catálogo bíblico do porvir, uma narrativa histórica escrita com antecipação.

Examinando o Novo Testamento, verificamos que intenção divina das profecias é outra. Ao falar de sua volta, Jesus frisava:
“Vigiai! Porque não sabeis o dia nem a hora…” Seu intuito era o de incutir em seus discípulos a vigilância, para que fossem “semelhantes a homens que esperam” a volta do seu senhor (Lc 12:36).
Nesse caso, para que tantos pormenores nas previsões? – Os cristãos deveriam lembrar as informações que seu Mostre lhes confiava, para que, quando vissem acontece essas. cousas, soubessem que estava próximo o reino de Dessa (Lc 21:31). As profecias não constituíam história escrita com antecedência, como que para satisfazer as curiosidades, e sim, motivo de estimulo à vigilância e confirmação da fé por ocasião de seu cumprimento.
Observado isso, vejamos o que realmente sabemos da futura vinda de Cristo.
a) Como e quando se dará sua Vinda?
1) Será pessoal, “como o vistes subir” (At 1:11);
2) Será visível e inconfundível (Mt 24:20,47; Ap 1:7);
3) Será repentina e inesperada (Mt 24:36-44; Lc 21:34; 1Co 15:52);
4) Poderá dar-se muito breve (Mt 24:42,44; 25:13; Ap 22:20).
b) A que virá Cristo?
1) Paras separação dos homens (Mt 24:40-41). Sua primeira vinda trouxe divisão (Lc 12:51) e sua segunda vinda concretizará e efetivará essa separação;
2) Para a ressurreição dos mortos (Jo 5:28-29; Jo 6:39-40,44; 1Co 15; 1Ts 4.13-17; Ap 20.13);
3) Para a reunião dos seus consigo no arrebatamento (1Ts 4.17; 2Ts 2.1);
4) Para a transformação dos seus (1Co 15.50-54) à sua própria semelhança (1Jo 3.2; Fp 3.20-21);
5) Para a permanência dos seus consigo para sempre (1Ts 4.17b) e o estabelecimento do Seu Reino (Ap 20.1-7; Is 11);
6) Para o julgamento de todos, tanto dos remidos como dos condenados, de acordo com suas obras (Mt 25.31-46): aqueles para o galardão (1Co 3.10-15; Rm 14.10,12; 2Co 5.9,10); e estes. Para a execução da sentença já lavrada (Jo 3.18; 2Ts 2.12; Ap 20.11-15);
7) Para a destruição das cousas ora existentes e o estabelecimento de ovos céus e nova terra (2Pe 3.10-13; Ap 21.22);
8) Para que, finalmente, “Deus seja tudo em todos” (1Co 15.28).
Bíblia Vida Nova

Pr.Clodoaldo Pereira

21 dicas para um casamento feliz

25 janeiro, 2010

casamento21

Casamento um compromisso precioso

“Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao SENHOR, essa sim será louvada” – Provérbios 31:30

A seguir 21 dicas para um casamento abençoado

1. Invista no seu relacionamento matrimonial para que floresça e dure para sempre.

2. Aceite-o(a) como ele(a) é, sem procurar mudá-lo(a), apenas para atender às suas próprias expectativas e interesses.

3. Se for necessário e oportuno, faça-lhe sugestões, nunca imposições. Nunca idealize a sua imagem: o outro é alguém de carne e osso.

4. Ajude-o(a) a superar seus defeitos e limitações. Não explore nem manipule suas carências afetivas e pontos-fracos e jamais critique-o(a) na frente de terceiros.

5. Preserve seu jeito de ser, suas características e gostos pessoais. Não permita que a sua identidade individual fique apagada ou até mesmo se dissolva na relação.

6. Mantenha seu espaço individual e cultive seus momentos de privacidade. Só assim a relação a dois não se tornará cansativa e estéril.

7. Faça suas próprias escolhas e siga seus próprios caminhos. Nunca abandone seus sonhos e ideais só por não serem também os sonhos do outro. Se isso ocorrer, você certamente cobrará muito caro dele(a) mais tarde.

8. É imprescindível que haja espaço para o outro se relacionar com as demais pessoas. Não queira ser tudo para ele(a), tentando preencher todas as suas necessidades de relacionamento. Estimule-o(a) a relacionar-se com outras pessoas e respeite os seus amigos, mesmo se não os apreciar.

9. Confie no outro: o ciúme é a pior doença que pode atingir uma relação. Jamais o(a) espione, controle seus passos ou faça inspeção nas suas coisas, nem por simples curiosidade. Aliás, quando uma relação chega a esse ponto, é sinal que já acabou há muito tempo ou que nunca existiu.

10. Diga claramente o que você quer e precisa do outro. Não espere que ele(a) adivinhe as suas necessidades, nem lhe esconda suas dificuldades, sejam elas afetivas ou materiais. Aprenda a pedir-lhe ajuda, carinho e colo.

11. Peça e dê ao outro feedback constante a respeito da relação de vocês dois, não só lhe dizendo claramente quando alguma coisa não for bem, mas também falando dos bons momentos que estiverem passando juntos.

12. Habitue-se a cortejar o outro e a manter-se atraente, mesmo depois de já estarem juntos por um longo tempo.

13. Produza-se sempre para se encontrarem, pois intimidade não autoriza você a tratá-lo(a) com descaso e desleixo.

14. Não espere ocasiões ou momentos especiais para fazer-lhe carinho, declarar o seu amor e dizer-lhe o quanto ele(a) é especial para você.

15. Lembre-se de lhe dar pequenos presentes de surpresa, sem que haja nenhum motivo especial para isso.

16. Tenha seus próprios parâmetros e referências para saber a quantas anda a sua relação. Não se deixe levar pelos padrões e referências dos outros. Resista à sedução social de fazer comparações com outros casais.

17. Nunca permita que terceiros interfiram nos rumos da sua relação.

18. Saiba que é impossível você concordar com o outro em tudo e o tempo inteiro, mas procure sempre resolver suas diferenças e conflitos sem agressões, sabendo que desentendimentos, quando bem trabalhados, só contribuem para o crescimento da relação de vocês.

19. Não permita que seus dias de mau-humor (quem não os tem!) se transformem em cenas de violência gratuita dentro da sua relação.

20. Mantenha sua relação sempre em alto astral, sobretudo quando pintarem os baixos da vida.Você está junto dele(a) para crescer e ser feliz, não para sofrer e se degradar.

21. Qualquer que seja a situação, namorem bastante, “amem de montão que o resto tem solução!”

Veja na íntegra »