J E S U S

26 janeiro, 2015

jesus-cristo-chora

J E S U S

 

 

JESUS CRISTO, NOSSO SALVADOR.

 

Deus derramou com generosidade  o seu Espírito Santo sobre nós, por meio de Jesus Cristo, o nosso Salvador.                

Tito 3. 6 (nvi)

A referência de Paulo neste versículo à obra do Espírito Santo relembra o seu derramamento no dia de Pentecoste, e a partir daí (cf. At. 2.33; 11.15), Deus provê um suprimento abundante e adequado da sua graça e poder, como resultado do novo nascimento e da operação do Espírito Santo em nós.

(bep)

É Jesus Cristo quem nos “salva”; e isso transparece, neste versículo, no seu título de “Salvador”. Neste ponto, entretanto, a ênfase recai sobre como Ele é o meio e a causa do “derramamento” do Espírito Santo. (nti)

 

EMANUEL, DEUS ESTÁ CONOSCO

A virgem ficará grávida e terá um filho que receberá o nome  de Emanuel. (Emanuel quer dizer “Deus está conosco.”)

Mateus 1. 23 (nvi)

Jesus seria chamado de Emanuel (“Deus conosco” ou “Deus está conosco”), como fora predito pelo profeta Isaías (Is. 7. 14). Jesus era Deus em carne; deste modo, Deus estava literalmente entre nós, “conosco”. Pelo Espírito Santo, Cristo está presente hoje, na vida de cada crente. Talvez nem mesmo o próprio profeta Isaías tenha compreendido, completamente, a dimensão do significado do termo Emanuel. (beap)

 

SOBERANO, REI DOS REIS, SENHOR DOS SENHORES

Ele é o bendito e único soberano, o Rei dos reis e Senhor dos senhores.  

I Timóteo 6. 15b (nvi)

A exaltação de Jesus Cristo, em razão do que se tornou Cabeça de tudo, unificador e restaurador de todas as coisas, humanas e angelicais, animais e inanimadas, se deveu ao fato que completou a sua missão terrena. E que essa missão ficou terminada foi comprovada pelo fato que ressuscitou dentre os mortos, ascendeu aos céus e foi glorificado.

O nome de Cristo se eleva acima de todo qualquer outro nome – Ele é a principal autoridade, superior a todos os nomes que possam ser mencionados agora e na eternidade. Isso se deve ao fato que Ele se assentou à mão direita de Deus nos lugares celestiais. (nti –Fl.2.9)

 

UNGIDO

Ali farei brotar a força de Davi; preparei uma lâmpada para o meu ungido.

Salmos 132. 17 (arc)

Jesus, o Messias, é descrito como “ungido”. Essa menção é encontrada nos salmos que profetizam a vinda de Cristo e na pregação do apóstolo Pedro, no livro de Atos. “Messias” vem da palavra hebraica “ungido” e “Cristo” vem do grego. (dib)

 

SABEDORIA DE DEUS E SANTIDADE

É, porém, por iniciativa dele que vocês estão em Cristo Jesus, o qual se tornou

sabedoria de Deus para nós, isto é, justiça, santidade e redenção.

I Coríntios 1. 30 (nvi)

A sabedoria, conforme o emprego desse termo em Provérbios, significa viver e pensar de conformidade com a verdade de Deus, com seus caminhos e seus desígnios. Importa em considerar a totalidade da vida do ponto de vista de Deus, crendo que tudo quanto Ele diz é certo e verdadeiro, sendo este o único padrão digno para orientar a nossa vida. Obter sabedoria é muito melhor do que possuir prata e ouro. Obtém a sabedoria somente quem a busca através de um relacionamento correto com Deus, e um estudo diligente da sua Palavra. Cristo é, segundo diz o NT, a suprema sabedoria de Deus (1 Co 1.30; Cl. 2.3), e Ele nos ensina que obtemos a sabedoria quando permanecemos na sua Palavra, permitimos que ela permaneça em nós (Jo 15.7) e entregamos nossos corações e mentes ao Espírito Santo que em nós habita (Jo 14. 16-26).

(bep – Prov. 1.2)

BIBLIOGRAFIA UTILIZADA

Bíblia  –  Nova Versão Internacional  (nvi)

Bíblia  –  Almeida Revista Corrigida  (arc)

Bíblia  –  de Estudo Pentecostal  (bep)

Bíblia  –  Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal (beap)

Novo Testamento Interpretado  (nti)

Dicionário Ilustrado da Bíblia  (dib)

Pr. João da Cruz Parente

E-mail: prparente@gmail.com

Para ler mais artigos do autor (Clique aqui)

                                        PÁGINA INICIAL / ÍNDICE DAS MENSAGENS

Quer sucesso? obedeça a palavra de Deus

24 janeiro, 2015

topic

QUER SUCESSO? OBEDEÇA A PALAVRA DE DEUS

 

OBEDEÇA A PALAVRA DE DEUS

Samuel, porém, respondeu: “Acaso tem o Senhor tanto prazer em holocaustos e em sacrifícios quanto em que se obedeça a sua Palavra? A obediência é melhor do que o sacrifício, e a submissão é melhor do que a gordura de carneiros”.

I Samuel 15. 22 (nvi)

Obedecer de coração à Palavra de Deus é melhor do que qualquer forma exterior de adoração, serviço a Deus, ou abnegação pessoal. O pecado de Saul foi seguir seu próprio conceito do certo, acima da revelação bíblica. Esse pecado será, também, a base da apostasia final predita para o período que de pronto precede a volta de Jesus à terra (Mt. 24.11, 24; 2 Ts. 2.9-12; 2 Tm. 4.3,4; 2 Pe. 2). O culto, a oração, o louvor, os dons espirituais e o serviço a Deus não têm valor aos seus olhos, se não forem acompanhados pela obediência explícita a Ele e aos seus padrões de retidão (cf. Is. 58.2; 59.2; I Co. 13). (bep)

 

OBEDEÇA ANTES A DEUS DO QUE AOS HOMENS

Pedro e os outros apóstolos responderam: É preciso obedecer antes a Deus do que aos homens!

Atos 5. 29 (nvi)

Os apóstolos conheciam suas prioridades. Embora devamos tentar viver em paz com todos (Rm. 12. 18), o conflito com o mundo e com suas autoridades é, às vezes, inevitável para um cristão (Jo. 15. 18). Existirão situações em que você não poderá obedecer a Deus e às pessoas. Quando for assim, você deve confiar nas Sagradas Escrituras e obedecer a Deus. Que as palavras de Jesus em Lucas 6.22 o encorajem: “Bem-aventurados sereis quando os homens vos aborrecerem, e quando vos separarem, e vos injuriarem, e rejeitarem o vosso nome como mau, por causa do Filho do Homem”. (beap)

 

OBEDEÇA, RECEBA BÊNÇÃOS E ABENÇOE A OUTROS

E em tua semente serão benditas todas as nações da terra, porquanto obedeceste à minha voz.

Gênesis 22. 18 (arc)

Abraão recebeu bênçãos abundantes porque não hesitou em obedecer a Deus. Primeiro, Deus conferiu aos descendentes de Abraão habilidade de vencer seus inimigos; segundo, Deus prometeu a Abraão filhos e netos que seriam uma bênção para o mundo. A vida das pessoas seria transformada como resultado do conhecimento da fé de Abraão e seus descendentes. Costumamos pensar em bênçãos como presentes a serem desfrutados. Mas quando Deus nos abençoa, é com o propósito de fazer estas bênçãos transbordarem para outros. (beap)

 

OBEDEÇA DE CORAÇÃO

Mas, graças a Deus, porque, embora vocês tenham sido escravos do pecado, passaram a obedecer de coração à forma de ensino que lhes foi transmitida.

Romanos 6. 17 (nvi)

“Obedecer de coração” significa entregar-se completamente a Deus, amá-lo “de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu pensamento” (Mt. 22.37). Ainda assim, muitas vezes nossos esforços para conhecer e obedecer aos mandamentos de Deus só podem ser descritos como parciais. Como você qualifica a obediência de seu coração? Deus deseja nos dar o poder de obedecer-lhe com todo o nosso coração. (beap)

 

MULHER, OBEDEÇA A SEU MARIDO

De sorte que, assim como a igreja está sujeira a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seu marido.

Efésios 5. 24 (arc)

Algumas pessoas distorcem o ensino de Paulo, dizendo que ele transfere uma autoridade ilimitada aos maridos, e não podemos concordar com elas. Paulo diz à esposa que ela deve obedecer ao marido. Ora, o fato de um ensinamento não ser muito popular não nos dá o direito de ignorá-lo. De acordo com a Bíblia, o homem é o cabeça da família, e a mulher deve reconhecer a sua liderança. Assim como Jesus serviu a seus discípulos a ponto de lavar-lhes os pés, também o marido deve servir à esposa. Um marido prudente, que ama a Cristo, não tirará vantagem de seu papel de líder, assim como uma esposa prudente, que ama a Cristo, não tentará minar a liderança do marido. Qualquer abordagem errônea causará desunião e atrito ao matrimônio. (beap)

 

OBEDEÇA A SEU CHEFE

Servos, obedecei em tudo ao vosso senhor segundo a carne, não servindo apenas sob vigilância, visando tão-somente agradar homens, mas em singeleza de coração, temendo ao Senhor. – Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como para o Senhor e não para os homens.

Colossenses  3. 22 e 23 (ara)

Paulo exorta os cristãos a considerar toda mão-de-obra executada como um serviço prestado ao Senhor. Devemos trabalhar como se Cristo fosse o nosso patrão, sabendo que todo trabalho realizado “como ao Senhor” um dia receberá seu galardão (v. 24; cf. Ef. 6.6-8) (bep)

Os empregados devem sempre fazer seu trabalho da melhor maneira possível e serem fiéis e confiáveis, não apenas quando seu empregador ou superior estiver lhes observando.  (beap)

 

OBEDEÇA, NÃO VOLTE PARA O PECADO

Sejam obedientes a Deus e não deixem que a vida de vocês seja dominada por aqueles desejos que vocês tinham quando ainda eram ignorantes. – Pelo contrário, sejam santos em tudo o que fizerem, assim como Deus, que os chamou é santo.

I Pedro 1. 14 e 15 (ntlh)

Depois de confiarem suas vidas a Cristo, às vezes as pessoas ainda sentem uma queda por seus antigos hábitos. Pedro diz que devemos ser como nosso Pai celestial, santos em tudo o que fizermos. Santidade significa ser totalmente dedicado a Deus, separado para seu uso especial e afastado do pecado e de sua influência. Devemos ser separados e diferentes, não misturados com a multidão; porém não devemos ser diferentes apenas por sê-lo. As qualidades de Deus em nossa vida nos tornam diferentes. Nosso enfoque e prioridades devem ser os dEle. Tudo isso está em contraste direto com os nossos antigos hábitos (1.14). Não podemos nos tornar santos por nós mesmos, mas Deus nos dá o seu Espírito Santo para nos ajudar a obedecê-lo, para nos dar poder para vencer o pecado. Não use a desculpa de que você não pode evitar cair em pecado. Conte com o poder de Deus para livrá-lo do domínio do pecado. (beap)

 

BIBLIOGRAFIA UTILIZADA

Bíblia  –  Nova Versão Internacional (nvi)

Bíblia  –  Almeida Revista Corrigida

Bíblia  –  Almeida Revista Atualizada (ara)

Bíblia  –  Nova Tradução Linguagem Hoje (ntlh)

Bíblia  –  Estudo Pentecostal (bep)

Bíblia  –  Estudo Aplicação Pessoal (beap)

 

Pr. João da Cruz Parente

E-mail: prparente@gmail.com

Para ler mais artigos do autor (Clique aqui)

 

                                        PÁGINA INICIAL / ÍNDICE DAS MENSAGENS

Palavras de Jesus para você

24 janeiro, 2015

jesus_cristo_3

PALAVRAS DE JESUS PARA VOCÊ

 

NÃO SE PERTURBE

NÃO SE TURBE O VOSSO CORAÇÃO; CREDES EM DEUS, CREDE TAMBÉM EM MIM.

João 14. 1 (arc)

Podemos confiar em Deus mediante sua Palavra. Quando Jesus lhes disse “credes em Deus, crede também em mim”, estava rememorando aos discípulos que confiassem na Palavra de Deus. A Escritura já havia falado não somente a respeito da iminente crucificação de Jesus, mas também de sua ressurreição. Por qualquer razão, eles haviam se esquecido disso. Deixamos muitas vezes de visualizar o quadro completo quando as circunstâncias mais próximas nos parecem por demais esmagadoras. Mas não podemos deixar de lembrar que as palavras que estão na Escritura “não hão de passar” (Mateus 24.35). Podemos confiar sempre, literalmente, nas promessas de Deus. (benv)

 

CUIDE DA SUA VIDA E NÃO DA DO VIZINHO

E POR QUE ATENTAS TU NO ARGUEIRO QUE ESTÁ NO OLHO DO TEU IRMÃO E NÃO REPARAS NA TRAVE QUE ESTÁ NO TEU PRÓPRIO OLHO?

Lucas 6.41 (arc)

Jesus não disse que devemos ignorar o mal, mas que não devemos ficar tão preocupados em notar os pecados dos outros a ponto de descuidarmos de nossa vida, incidindo nos mesmos erros. Frequentemente, racionalizamos nossos pecados e apontamos erros nos outros. Que tipos de “argueiros” nos olhos dos outros são mais fáceis para você censurar? Quando sentir vontade de criticar, lembre-se das “traves” em seus olhos; você concluirá que tem menos a dizer. (beap)

 

LIVRE-SE DAS AMBIÇÕES DESTE MUNDO

MAS OS CUIDADOS DESTE MUNDO, E OS ENGANOS DAS RIQUEZAS, E AS AMBIÇÕES DE OUTRAS COISAS, ENTRANDO, SUFOCAM A PALAVRA, E FICA INFRUTÍFERA.

Marcos 4.19 arc)

As preocupações dessa vida, a sedução das riquezas e o desejo de possuir coisas belas atormentaram os discípulos de Cristo da mesma forma que nos atormentam hoje. Como é fácil sobrecarregar nossa rotina diária. Uma vida abarrotada de objetivos materialistas nos torna surdos à Palavra de Deus. Procure livrar-se dos excessos para ouvir a voz de Deus quando Ele falar com você. (beap)

 

CUIDADO COM OS FALSOS PROFETAS

E SURGIRÃO MUITOS FALSOS PROFETAS E ENGANARÃO A MUITOS.

Mateus 24. 11 (arc)

O Antigo Testamento frequentemente menciona os falsos profetas (ver 2 Rs 3. 13; Is 44.25; Jr 23.16; Ez.13.2-3; Mq.3.5; Zc.13.2). Os falsos eram pessoas que reivindicavam receber mensagens de Deus, mas pregavam conforme seu coração, sobre “saúde, paz e riqueza”. Eles diziam o que as pessoas queriam ouvir, profetizavam prosperidade mesmo quando a nação não estava seguindo a Deus. Em nossos dias também existem falsos profetas – líderes que proclamam um falso evangelho, dizendo o que as pessoas querem ouvir: “Deus quer que você seja rico”. “Faça o que seus desejos lhe dizem”. “Não existe pecado ou inferno”. Jesus disse que os falsos profetas viriam e advertiu os seus discípulos – como também nos adverte – a não ouvir essas perigosas e malignas palavras. (beap)

 

PERMANEÇA SEMPRE EM JESUS

ESTAI EM MIM, E EU, EM VÓS; COMO A VARA DE SI MESMA NÃO PODE DAR FRUTO, SE NÃO ESTIVER NA VIDEIRA, ASSIM TAMBÉM VÓS, SE NÃO ESTIVERDES EM MIM.

João 15. 4 (arc)

Jesus nos incentiva a estarmos nEle. Outra forma de dizer isso seria: “permanecermos” nEle. Pois a palavra “estar”, aqui, significa permanecer em determinada situação. Isto quer dizer realizar o aprofundamento das suas raízes no seu relacionamento com Jesus, permitindo que Ele preencha cada parte da sua vida e das suas atividades diárias. Se você mantiver a sua comunhão com Deus ininterrupta, isto irá resultar, para você, num modo de vida transformado. (benv)

 

 

NUNCA DEIXE DE SEGUIR A JESUS

E DIZIA A TODOS: SE ALGUÉM QUER VIR APÓS MIM, NEGUE-SE A SI MESMO, E TOME CADA DIA A SUA CRUZ, E SIGA-ME.

Lucas 9. 23 (arc)

Os cristãos seguem o seu Senhor; imitam seu modo de vida e obedecem às suas ordens. Tomar a cruz significa levar o instrumento de execução até o lugar da crucificação. Muitos galileus haviam sido mortos deste modo pelos romanos. Aplicado aos discípulos, “levar a cruz” significa identificar-se completamente com a mensagem de Cristo, mesmo que isto implicasse a morte. Devemos negar o desejo egoísta de usar nosso tempo e dinheiro como nos apraz e de escolher uma direção na vida sem levar em conta a vontade de Cristo. Seguir a Cristo nesta vida pode ser caro, mas, no final, a dor e o esforço serão amplamente recompensados. (beap)

 

JESUS ESTÁ VOLTANDO E LHE LEVARÁ PARA A CASA DO PAI

E, SE EU FOR E VOS PREPARAR LUGAR, VIREI OUTRA VEZ E VOS LEVAREI PARA MIM MESMO, PARA QUE, ONDE EU ESTIVER, ESTEJAIS VÓS TAMBEM

João 14. 3 (arc)

Jesus está voltando para nós. Note que Jesus promete: “(…) virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo (…)” (versículo 3). O Senhor não apenas voltará para nós. Ele nos acompanhará pessoalmente até a casa do Pai. A Bíblia nos recomenda: “(…) consolai-vos uns aos outros com estas palavras” (2 Tessalonicenses 4. 18). Em meio às suas provações, lembre-se que Deus tem tanto cuidado de você, que está voltando para que você possa estar com Ele para sempre. (benv)

 

BIBLIOGRAFIA UTILIZADA

Bíblia  –  Almeida revista corrigida  (arc)

Bíblia  –  de estudo novo viver  (benv)

Bíblia  –  de estudo aplicação pessoal  (beap)

 

Pr. João da Cruz Parente

E-mail: prparente@gmail.com

Para ler mais artigos do autor (Clique aqui)

                                        PÁGINA INICIAL / ÍNDICE DAS MENSAGENS

Sofrimento… O que Fazer?

24 janeiro, 2015

stopping-the-pain-and-suffering-dr-diva-verdun

SOFRIMENTO…O QUE FAZER?

 

SOFRIMENTO – Agonia, aflição ou angústia; intensa dor ou tristeza. O sofrimento tem feito parte da existência humana desde o pecado original (Gn. 3). O livro de Salmos, cuja terça parte é constituída de lamentos, contém descrições vívidas de sofrimentos (Sl. 22). Um dos temas do livro de Jó é o problema do sofrimento e de porque Deus permite que o justo sofra.

A Bíblia deixa claro que alguns sofrimentos são consequência de ações erradas, ou pecado, no mundo. Este tipo de sofrimento sobreveio à humanidade após a QUEDA, no jardim do Éden (Gn. 3.16-19).

Porém, há outros tipos de sofrimento que não estão relacionados com o passado. Eles apontam para adiante, no sentido de que servem para moldar e refinar os filhos de Deus.

(dib)

 

SOFRIMENTO, PODE VIR POR PECADOS E ERROS

À mulher, Ele declarou: “Multiplicarei grandemente o seu sofrimento na gravidez; com sofrimento você dará à luz filhos. Seu desejo será para o seu marido, e ele a dominará”. – E ao homem declarou: “Visto que você deu ouvidos à sua mulher e comeu do fruto da árvore da qual eu lhe ordenara que não comesse, maldita é a terra por sua causa; com sofrimento você se alimentará dela todos os dias da sua vida. – Ela lhe dará espinhos e ervas daninhas, e você terá que alimentar-se das plantas do campo. – Com o suor do seu rosto você comerá o seu pão, até que volte à terra, visto que dela foi tirado; porque você é pó, e ao pó voltará”.

Gênesis 3.16-19 (benvi)

O castigo imposto sobre o homem e a mulher (vv.16-19), bem como o efeito do pecado sobre a natureza, tinham o propósito de relembrar à humanidade as consequências terríveis do pecado e de levar cada um a depender de Deus, com fé e obediência. O desígnio de Deus é que a raça humana seja redimida do seu presente estado de pecado e perdição. (1) A tentativa de Eva de ficar livre de Deus e de agir independente do seu marido, seria frustrada, surgindo em seu lugar um forte desejo pelo seu marido. A profunda atração que ela sentiria por Adão, e o governo dele sobre ela, trariam aflições e sofrimentos, juntamente com alegria e bênçãos (1 Co 11.7-9; Ef 5.22-25; 1 Tm 2.11-14). (2) Por causa da maldição que Deus pronunciou sobre a natureza, Adão e Eva enfrentariam adversidades físicas,  pesado labor, lutas e, finalmente, a morte para si e para todos os seus descendentes. (bep)

 

SOFRIMENTO, PODE VIR PARA CRESCIMENTO

E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações, sabendo que a tribulação produz a paciência; – e a paciência, a experiência; e a experiência, a esperança.

Romanos 5. 3,4 (arc)

Para os cristãos do primeiro século, sofrer era a regra, não a exceção. Paulo disse que devemos superar o sofrimento para sermos aprovados por Deus. Isso significa que experimentaremos dificuldades que nos farão crescer. Devemos nos alegrar no sofrimento, não por gostarmos da dor ou por negarmos seu drama, mas porque sabemos que Deus usa as dificuldades da vida e os ataques de satanás para edificar o nosso caráter. Os problemas com que nos defrontamos inesperadamente desenvolvem nossa perseverança, que, por sua vez, fortalece nosso caráter, aprofunda nossa confiança em Deus e nos proporciona maior confiança  sobre o futuro.

Se você pensa que, de alguma forma, sua paciência é testada diariamente, agradeça a Deus pelas oportunidades de crescimento e lide com as circunstâncias usando o poder do Senhor (ver Tg.1.2-4; I Pe. 1. 6,7)

(beap)

 

HÁ ESPERANÇA, NÃO FOMOS ESQUECIDOS

Pois o necessitado não será para sempre esquecido, e a esperança dos aflitos não se há de frustrar perpetuamente.

Salmos 9. 18 (ara)

Os necessitados e aflitos do povo de Deus são objetos do seu cuidado especial (vv. 9, 10, 12). Eles têm de Deus a promessa de que não os abandonará (v. 10), que Ele se lembrará das suas orações (v. 12), e que as suas esperanças serão um dia realidades (v. 18). (bep)

 

COMO SE COMPORTAR DIANTE DO SOFRIMENTO

 

MEDITE E OBEDEÇA A PALAVRA DE DEUS

Não deixe de falar as palavras deste Livro da Lei e de MEDITAR nelas de dia e de noite, para que você cumpra fielmente tudo o que nele está escrito. Só então os seus caminhos prosperarão e você será bem-sucedido.

Josué 1. 8 (benvi)

“Meditar” (hb. hagab) significa ler em silêncio ou falar consigo mesmo internamente, à medida que se pensa. Abrange refletir sobre as palavras e caminhos de Deus, e aplicá-los à cada aspecto da vida da pessoa.

(bep)

Muitas pessoas pensam que a prosperidade e o sucesso são decorrentes do poder, de contatos pessoais influentes e um desejo inexorável de prosseguir. Mas a estratégia para a prosperidade ensinada por Deus a Josué é contrária a tais critérios. Ele disse que, para ser BEM-SUCEDIDO, Josué deveria: (1) ser forte e corajoso porque a tarefa seguinte não seria fácil; (2) obedecer à lei de Deus; e (3) ler e estudar constantemente o livro da Lei – a Palavra de Deus. Para ser bem-sucedido, siga as Palavras de Deus a Josué. Você pode não ter sucesso de acordo com os padrões do mundo, mas será uma bênção aos olhos de Deus. (beap)

 

DEUS LHE CONSOLARÁ, CONSOLE OUTROS

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Pai das misericórdias e Deus de toda consolação, – que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações.

II Coríntios 1.3 e 4 (benvi)

Muitos pensam que quando Deus nos consola, nossas dificuldades devem desaparecer. Mas, se fosse sempre assim, as pessoas se voltariam a Deus somente com a intenção de serem aliviadas da dor, e não por amor a Ele. Devemos entender que ser “consolado” pode também significar receber forças, encorajamento e esperança para lidar com as nossas dificuldades. Quanto mais sofremos, mais conforto Deus nos dá. Se você estiver se sentindo subjugado, permita que Deus lhe console. Lembre-se de que, a cada prova que enfrentar, você confortará outras pessoas que estão sofrendo dificuldades semelhantes às suas. (beap)

 

AQUIETE-SE!  DO SENHOR VEM O LIVRAMENTO

Moisés, porém, respondeu ao povo: Não temais; aquietai-vos e vede o livramento do SENHOR que, hoje, vos fará; porque os egípcios, que hoje vedes, nunca mais os tornareis a ver.

Êxodo  14. 13 (ara)

Este versículo brinda-nos com uma das mais admiráveis declarações do livro de Êxodo: “Não temais; aquietai-vos e vede o livramento do Senhor que hoje vos fará…” Em cada vida há momentos em que nada resolve, senão uma intervenção divina. Ocasionalmente, todas as pessoas atingem esse ponto quando falham os recursos pessoais e até mesmo os recursos de outras pessoas. Se quisermos crescer, usualmente somos forçados a fazer coisas por nós mesmos, de acordo com os recursos que tivermos desenvolvido, usando nossa razão e inteligência, nossa capacidade de planejar e nossas energias. No mais das vezes, entretanto, o próprio “eu” fala, e os recursos humanos são inadequados. E é então que ocorre a intervenção divina.  (ati)

 

SEJA JUSTO, O LIVRAMENTO VIRÁ

Os justos clamam, e o SENHOR os ouve e os livra de todas as suas angústias. 

Salmos 34. 17 (arc).

Os sentidos de percepção de Deus estão alertas às necessidades de Seus filhos. Os ouvidos divinos ouvem as orações dos justos. E também ouvem as zombarias dos ímpios. Isso inspira a Deus a agir e corrigir. Os ouvidos de Deus nunca falham. Assim que os justos clamam a Ele, em desespero, Ele os ouve e reverte o curso do mal; Ele os liberta de seus temores e castiga seus inimigos. (ati).

 

ASSUMA ATITUDE DE ALEGRIA

Meus irmãos, considerem motivo de GRANDE ALEGRIA o fato de passarem por diversas provações,  –  pois vocês sabem que a prova da sua fé produz PERSEVERANÇA. –  E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam MADUROS E ÍNTEGROS, sem lhes faltar coisa alguma.

Tiago 1.2-4 (benvi).

O crente deve enfrentar essas provações com alegria (cf. Mt. 5. 11, 12; Rm. 5.3; I Pe. 1.6), porque isso desenvolverá nele uma fé perseverante, uma personalidade experiente e uma esperança madura (cf. Rm. 5. 3-5). Nossa fé somente pode chegar à plena maturidade quando confrontada com dificuldades e oposição (vv. 3,4). (bep).

 

NO SOFRIMENTO, MOSTRE-SE UM FORTE

Se te mostrares frouxo no dia da angústia, a tua força será pequena.  Provérbios 24.10 (arc)

Angústias e aflições virão a todos nós em algum tempo nesta vida (Jó 7.7; Tg. 1.4). Quando assim acontecer, nós, como crentes, devemos nos fortalecer no Senhor, confiar nEle como nosso refúgio (Dt.33.27) e orar, crendo na veracidade da sua promessa de que nunca nos abandonará (Hb 13.5). Àqueles que firmemente confiam em Deus, Ele lhes dá força e graça suficientes para vencerem em tempos de aflição (Is 40.29; 2 Co 12.9; Cl 1.11).  (bep) – A força moral do indivíduo é vista somente quando ele é verdadeiramente testado. (beg)

BIBLIOGRAFIA UTILIZADA

Bíblia  –  de Estudo Nova Versão Internacional  (benvi)

Bíblia  –  de Estudo Pentecostal  (bep)

Bíblia  –  Almeida Revista Corrigida  (arc)

Bíblia  –  Almeida Revista Atualizada  (ara)

Bíblia  –  de Estudo Aplicação Pessoal  (beap)

Bíblia  –  de Estudo de Genebra  (beg)

Dicionário Ilustrado da Bíblia  (dib)

Antigo Testamento Interpretado  (ati)

Pr. João da Cruz Parente

E-mail: prparente@gmail.com

Para ler mais artigos do autor (Clique aqui)

                                        PÁGINA INICIAL / ÍNDICE DAS MENSAGENS

Sejamos fortes e corajosos

24 janeiro, 2015

hqdefault

SEJAMOS FORTES E CORAJOSOS!

 

CORAGEM!

Na noite seguinte o Senhor, pondo-se ao lado dele, disse: “Coragem! Assim como você testemunhou a meu respeito em Jerusalém, deverá testemunhar também em Roma”.

Atos 23. 11 (nvi).

Paulo está ansioso e apreensivo quanto às coisas que lhe acontecerão. Poderá ser morto em Jerusalém e, assim, seus planos de levar o evangelho até Roma, e daí para o ocidente, talvez nunca se realizem. Deus lhe aparece nesse momento crítico, encoraja o seu coração e assegura que ele dará testemunho da sua causa em Roma. As Escrituras registram que Deus apareceu a Paulo três vezes para reafirmar-lhe isso (18. 9,10; 22.17,18; 23.11; cf. 27.23-24). (bep).

 

SEJAMOS FORTES E CORAJOSOS, DEUS NÃO NOS DEIXARÁ

Sede fortes e corajosos, não temais, nem vos atemorizeis diante deles, porque o SENHOR, vosso Deus, é quem vai convosco; não vos deixará, nem vos desamparará.  – Chamou Moisés a Josué e lhe disse na presença de todo o Israel: Sê forte e corajoso; porque, com este povo, entrarás na terra que o SENHOR, sob- juramento, prometeu dar a teus pais; e tu os farás herdá-la.  – O SENHOR é quem vai adiante de ti; Ele será contigo, não te deixará, nem te desamparará; não temas, nem te atemorizes. Deuteronômio 31. 6 a 8 (ara).

NÃO TE DEIXARÁ. O NT aplica essa promessa a todos que sinceramente receberem a Cristo como Senhor e Salvador (Hb.13.5). (1) Os crentes recebem a garantia de que, se amarem a Deus acima de todas as coisas, e se puserem nEle a sua confiança acima das coisas materiais, o Senhor nunca os deixará, nem os abandonará, mas será seu ajudador (cf. I Rs. 8.57; Tg. 1.5; ver Mt.6.30.33 notas). (2) Mediante essa promessa, devemos “esforçar-nos e animar-nos” (v.6), e perseverar nas provações, resistir as tentações, confiar no Senhor e obedecer-lhe plenamente. (bep).

 

SEJAMOS FORTES, CORAJOSOS E FIÉIS A PALAVRA DE DEUS

Seja forte e corajoso, porque você conduzirá este povo para herdar a terra que prometi sob juramento aos seus antepassados.  –  Somente seja forte e muito corajoso! Tenha o cuidado de obedecer a toda a lei que o meu servo Moisés lhe ordenou; não se desvie dela, nem para a direita nem para a esquerda, para que você seja bem sucedido por onde quer que ande.

Josué 1.6 e 7 (nvi).

Para possuírem a terra prometida, Josué e os israelitas precisavam comprometer-se a obedecer à Palavra de Deus escrita. A Palavra de Deus escrita no “Livro” (i.e., as Escrituras, v. 8) devia ser sua autoridade máxima em confronto com todas as ideias, tradições, ou religiões humanas. Esse princípio aplica-se igualmente aos fiéis do antigo concerto e do novo concerto. (bep).

 

SEJAMOS FORTES E CORAJOSOS, PARA ENCORAJAR A OUTROS

Disse-lhes Josué: Não tenham medo! Não desanimem! Sejam fortes e corajosos!

Josué 10. 25a (nvi).

Em Josué 1.1 a 9, lemos a respeito de Deus dando uma grande “injeção” de ânimo em Josué. Quando Deus opera em nossas vidas, abençoando-nos, é com o propósito de que sejamos uma benção na vida de outras pessoas.

 

SEJAMOS FORTES, CORAJOSOS E ESPEREMOS NO SENHOR

Amem o SENHOR, todos vocês, os seus santos! o SENHOR preserva os fiéis, mas aos arrogantes dá o que merecem.  – Sejam fortes e corajosos, todos vocês que esperam no SENHOR!

Salmo 31. 23 e 24 (nvi).

A oração do Salmo 31 externa o clamor sincero de todos os crentes que sofrem com enfermidades, contrariedades, opressão do mundo ou dos inimigos da justiça. Revela que em tempos de grandes lutas, podemos abrigar-nos “no secreto da tua presença” (v.20). (bep).

Uma exortação final para ficar firme e corajoso, estribando-se no amor de Deus que, finalmente, a tudo retribuirá, bem ou mal. (bs).

 

SEJAMOS FORTES E SUPORTEMOS OS FRACOS

Mas nós que somos fortes devemos suportar as fraquezas dos fracos e não agradar a nós mesmos.

Romanos 15. 1 (arc).

Paulo considera-se um dos “fortes”. Ele percebe a consciência mal formada dos “fracos” como uma fraqueza real; não obstante, ele enfatiza a responsabilidade dos “fortes” em dar apoio aos “fracos”. E não encoraja sentimentos de orgulho, nem que o crente se vanglorie de sua liberdade em questões ofensivas para os crentes débeis. (beg).

 

SEJAMOS PESSOALMENTE FRACOS, MAS FORTES EM JESUS

Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias, por amor de Cristo. Porque quando estou fraco, então, sou forte.

II Coríntios 12. 10 (arc).

Essa fortaleza não podia ser encontrada no próprio apóstolo; não estava em foco a sua força, e, sim, o poder de Cristo, conforme encontramos no nono versículo deste capítulo; pois o poder de Cristo tomava conta do apóstolo quando ele se achava fraco em si próprio. (nti).

 

FORTALEÇAMO-NOS, NO SENHOR

Finalmente, fortaleçam-se no Senhor e no seu forte poder.

Efésios 6.10(nvi).

Temos aqui a convocação dos crentes a buscarem o poder espiritual, tão plenamente ilustrado em Efésios 1.19-23. É somente através do poder de Deus, que ressuscitou e exaltou a Cristo, assim conquistando todos os seus adversários (ver Col. 2.15), que podemos esperar obter uma vitória similar. Esse poder nos é conferido, através da influência e operação do Espírito de Deus (nti).

 

BIBLIOGRAFIA UTILIZADA

Bíblia – Nova Versão Internacional (nvi)

Bíblia – de Estudo Pentecostal (bep) –arc-

Bíblia – Shedd (bs) –ara-

Bíblia – de Estudo de Genebra

Novo Testamento Interpretado (nti)

Pr. João da Cruz Parente

E-mail: prparente@gmail.com

Para ler mais artigos do autor (Clique aqui)

                                        PÁGINA INICIAL / ÍNDICE DAS MENSAGENS