Em desespero? Há solução!

13 janeiro, 2015

sombrio

EM DESESPERO? HÁ SOLUÇÃO!

 

DENTRO DO PEIXE, JONAS OROU AO SENHOR, O SEU DEUS. E DISSE: EM MEU DESESPERO CLAMEI AO SENHOR, E ELE ME RESPONDEU. DO VENTRE DA MORTE GRITEI POR SOCORRO, E OUVISTE O MEU CLAMOR.

Jonas 2. 1,2 (nvi)

 

O Senhor Jesus, nos alertou que no mundo teríamos aflições. Existem fases da nossa vida que enfrentamos a mais completa desesperança. Jonas estava nesse tipo de situação. O relato bíblico, nos diz que o profeta foi engolido por um grande peixe e ficou três dias e três noites dentro dele. O desespero era total, e ninguém por perto que pudesse socorrê-lo. Jonas se viu diante de uma crise, que só de Deus poderia vir o socorro, pois estava numa angústia sem precedente. Nesse momento, certamente ele chegou à conclusão, que a única alternativa seria clamar a Deus com todas as forças que ainda lhe restavam. O texto acima diz que Deus respondeu, e ouviu o seu clamor.

Qual a situação de angústia, aflição máxima em que você se encontra? Um filho nas drogas, ou na prostituição; o cônjuge que abandonou o lar; um parente em presídio; atolado em um mar de dívidas; a doença que o médico não dá mais esperança de cura; o desemprego que já perdura por meses ou anos; a empresa que faliu; o acidente de automóvel que deixou pessoas inválidas? Enfim, as circunstâncias que podem nos levar ao desespero, são inúmeras. A exemplo de Jonas, em muitas ocasiões olhamos para os lados, e não vemos ninguém em condições de nos socorrer. Amigos, parentes, políticos, pessoas influentes? Ninguém…ninguém! Não existem alternativas humanas, capazes de nos arrancar do buraco da depressão. Ah! Existe um Deus eterno e Todo Poderoso, o único para quem não há  impossível; aquele a quem clamamos e nos manda a resposta através de seu Filho Jesus Cristo.

Saia do desespero! Clame a Deus, Ele lhe ouvirá e responderá.

 

PARA REFLETIR: Está no limite? Jesus lhe acudirá!

Pr. João da Cruz Parente

PÁGINA INICIAL / ÍNDICE DAS MENSAGENS

Esperando em Deus

13 janeiro, 2015

 imagem_26-300x220

ESPERANDO EM DEUS

 

“Esperei com paciência no SENHOR, e Ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor.”  Salmo 40. 1 (arc).

 

Estamos vivendo no século da velocidade, da era “pós-modernidade”, queremos tudo para “ontem”, surgiram os: café expresso, lava rápido, fast-food, sedex, caixa eletrônico, internet, celululares com uma infinidade de recursos, avião supersônico, trem bala, autoestrada e tantos outros recursos, que a longa espera de outrora, transformou-se no atendimento instantâneo. Muitos de nós, estão querendo de Deus respostas rápidas, dentro do cronograma por nós traçado e sem paciência para esperar Deus agir no seu tempo e dentro da sua vontade soberana. A impaciência vai causando estragos irreparáveis, pois muitas vezes cansamo-nos de esperar em Deus e acabamos tomando decisões erradas, com consequências inesperadas e sem possibilidade de conserto. O salmista e rei Davi, deixou-nos um exemplo de procedimento que devemos ter: “Esperar com paciência no Senhor”, ou seja, não só esperar em Deus, mas saber esperar com paciência. Paciência é:  “qualidade daquele que espera com tranquilidade”. Com a alma em tranquilidade, aumenta a nossa capacidade de tomar decisões acertadas, que estejam sob a firme e infalível vontade de Deus e Ele tem o tempo certo para atuar e o tempo de Deus é o melhor para nós, pois Ele não falha; quando vivemos em obediência a sua Palavra, podemos ter a plena convicção de que a resposta dEle chegará no momento exato. Vivamos, ESPERANDO EM DEUS.

PARA REFLETIR:  Eu sei esperar com paciência no Senhor?

 

Pr. João da Cruz Parente

PÁGINA INICIAL / ÍNDICE DAS MENSAGENS

Está em “apuros”?

13 janeiro, 2015

casal-contas-preocupacao-getty-jpg_140955

ESTÁ EM “APUROS”?

 

“RECORRAM AO SENHOR E AO SEU PODER; BUSQUEM SEMPRE A SUA PRESENÇA.”

Salmos 105.4 (nvi)

É impossível viver sem depender de alguém!

Na nossa trajetória aqui na terra,  temos necessidades a serem supridas; parte delas são naturais e ocorrem com todas as pessoas. Precisamos de alimentos, água, vestidos, sapatos, meios de transporte, moradia, médicos, remédios, dentistas, etc. Outras necessidades surgem  em decorrência do nosso estilo de vida. Em um mundo extremamente consumista, muitas vezes tomamos decisões desastrosas, efetuando compras fora do nosso padrão de vida, tendo depois que arcar com as consequências dessas atitudes. Pela falta de compreensão e tolerância, quantos casamentos estão sendo desfeitos, trazendo prejuízos irreparáveis, principalmente para os filhos. É muito comum quando estamos em “apuros”, recorrer primeiramente a homens e não a Deus. Procuramos políticos, amigos ou parentes influentes e não raras vezes, vem decepção, pós-decepção. Diante de tudo isto, torna-se indispensável analisarmos o nosso relacionamento com Deus, se estamos em fidelidade a Ele ou não. Quantas pessoas só se voltam para Deus, após verem todos os recursos naturais esgotados. Todos aqueles que já receberam o Senhor Jesus como Salvador  e Senhor de suas  vidas, têm o privilégio de nos momentos de aflição, nas doenças, nas menores ou maiores dificuldades, recorrer a um Deus poderoso, inigualável e soberano, que tudo pode solucionar. Não negligenciemos! Jesus Cristo veio suprir todas as nossas necessidades.

ESTÁ EM APUROS?  Recorra ao Senhor Jesus.

Pr. João da Cruz Parente

PÁGINA INICIAL / ÍNDICE DAS MENSAGENS

 

Pr. Parente

Você perdeu a alegria?

12 janeiro, 2015

 triste

VOCÊ PERDEU A ALEGRIA?

 

“Que aconteceu com a alegria de vocês?”

Gálatas  4. 15a  (nvi)

 

O apóstolo Paulo, fez esta pergunta aos crentes da Galácia, quando percebeu  que: “…como é que estão voltando àqueles mesmos princípios elementares, fracos e sem poder? Querem ser escravizados por eles outra vez?” Gl. 4. 9.

Lamentavelmente muitos crentes em Jesus,  no transcorrer dos tempos,         continuam perdendo a alegria da salvação, por terem voltado ao modo antigo de viver. Quantas vezes temos ouvido a expressão: Gostaria muito de voltar ao primeiro amor. Os da Galácia, haviam perdido a alegria em Jesus, por terem voltado aos costumes judaizantes; Muitos dos crentes atuais, por terem voltado a velhas práticas pecaminosas, que o inimigo oferece e que são terrivelmente escravizantes, também estão perdendo essa alegria. Quantos tem deixado de praticar os ensinos preciosos da Palavra de Deus e retornado aos vícios antigos, como: tabagismo, alcoolismo, drogas em geral, sexo ilícito, engano nos negócios, mentira, e tantos outros pecados que no primeiro instante até podem dar uma leve sensação de conforto e prazer, mas que no fim se tornam amargos, agonizantes, tirando muitas vezes o interesse de viver. Quantos estão vivendo a vida conjugal sem nenhum prazer? Quantos estão saindo de casa para seu ambiente de trabalho, como se fosse um martírio?  Paulo, faz uma admoestação aos Gálatas “Foi para a liberdade que Cristo nos libertou. Portanto, permaneçam firmes e não se deixem submeter novamente a um jugo de escravidão.” Gl. 5. 1.  Na liberdade que em há em Jesus, tem alegria no Espírito Santo, paz no coração e existe a verdadeira felicidade de viver em Cristo e para Ele.


PARA REFLETIR:  Continuo tendo a alegria da salvação em JESUS?

 

Pr. João da Cruz Parente

 

PÁGINA INICIAL / ÍNDICE DAS MENSAGENS

 

Você pode fazer a diferença

12 janeiro, 2015

fazer-a-diferenca

VOCÊ PODE FAZER A DIFERENÇA

 

PORQUE DE JERUSALÉM SAIRÁ O RESTANTE, E DO MONTE DE SIÃO, O QUE ESCAPOU; O ZELO DO SENHOR FARÁ ISSO.

2 Reis 19.31

O mundo evangélico no  Brasil, passa por um período crítico de falta de comprometimento com Deus.

Nunca tivemos tantas igrejas como hoje; dos mais diferentes e até esdrúxulos nomes e com as mais diferentes doutrinas, como jamais tivemos.

O crescimento de pessoas filiando-se a igrejas, pode-se dizer que é muito expressivo. Eu chamo de frequentadores, porque uma grande parte dos tais, não têm a verdadeira conversão a Jesus Cristo e podem estar agregados como evangélicos, pelos mais diferentes motivos e interesses possíveis. Prova disto, são os escândalos que volta e meia aparecem dentro do nosso meio. Não são poucos os mercadores do evangelho, muitos  destes, tem-se enriquecido as custas de um povo sofrido, com baixos salários e entrando na fria dos “falsos sacrifícios”, para conquistarem os favores de Deus. Um maldoso e maquiavélico engodo, que tem levado muitas pessoas a se decepcionarem completamente com o evangelho.

É inútil proclamar aos brados, que o Brasil é do Senhor Jesus e ter um procedimento de ímpio e não de uma pessoa redimida e comprada pelo sangue de Jesus.

O crescimento em número foi muito grande, mas certamente temos uma grande decepção com a qualidade moral e espiritual deste rebanho.

Mas, a chama da esperança está acessa, porque existe um remanescente de homens e mulheres sérios, que não se dobraram aos interesses mesquinhos e egocêntricos, daqueles que estão procurando o crescimento do seu próprio reino e não do Reino de Deus.

Todo aquele que reconhece que a misericórdia de Deus é a causa de não sermos consumidos, que mantém a fé viva em Jesus Cristo, que não tem se deixado dobrar diante da corrupção, que está vivendo uma vida de comprometimento com Deus, que tem a coragem de pagar o preço em representar aquele que é o Redentor das nossas almas, creia de todo seu coração e de toda sua alma:  poderá mudar e construir um Brasil forte.

Leve outros a fazerem parte do remanescente de cristãos verdadeiros.

 

PARA REFLETIR: Você pode fazer a diferença?

 

Pr. João da Cruz Parente

 

PÁGINA INICIAL / ÍNDICE DAS MENSAGENS