Vamos cortar o mal pela raíz

12 março, 2010

Fofoca

Um pescador percebeu que alguém estava se afogando e rapidamente jogou-se na água e salvou a pessoa. Logo em seguida percebeu que outra pessoa também se afogava. Foi lá e também salvou a pessoa.

Quando olhou para o rio viu outro homem pedindo socorro e se afogando.

Um outro pescador, que estava chegando, caminhou mais acima na margem e viu que um homem estava jogando as pessoas no rio.

Ele prendeu o homem e resolveu o problema.

Às vezes quem está de fora do caso tem uma visão mais completa da situação e pode identificar melhor as causas dos problemas eliminando definitivamente o mal pela raiz.

Sempre que você estiver tentando resolver uma questão peça a opinião de alguém que não esteja envolvido e poderá enxergar a situação por um outro ângulo, podendo encontrar, assim, uma melhor resposta para o problema.

Alexandre Rangel

Guia dos curiosos

23 janeiro, 2010

Livro guia dos Curiosos1

Mudar hábitos exige sacrifícios

23 dezembro, 2009

jesus_disciples_eat_unwashed_hands

Certa vez, um profeta e seu discípulo, estando em viagem, pediram pousada em uma das residências que encontraram ao longo do caminho.

Veja na íntegra »

Não estrague o seu dia com coisas tão pequenas

14 novembro, 2009

uma grande arvore

É muito difícil lidar com pessoas que nunca estão de bem com a vida. Portanto, não deixe que coisas insignificantes lhe tirem o bom humor. Coisas pequenas, pelas quais não vale a pena se incomodar.

Outro dia, li que na região do Colorado, nos Estado Unidos, existem ruínas de uma árvore gigantesca. Os naturalistas afirmam que a imensa árvore permaneceu em pé durante quatrocentos anos. Ao longo de sua vida, foi atingida inúmeras vezes por raios e temporais, repetidamente. A árvore resistiu a todas as adversidades. Até que um dia um exército de insetos a atacou e derrubou.

Um gigante da floresta que por séculos sobreviveu a raios e temporais acabou caindo diantes de insetos tão pequenos que um homem pode esmagá-los sendo derrotado por insetos minúsculos.

Tome muito cuidado com as coisas pequenas, pois elas podem acabar destruindo o seu dia e também o humor daqueles com os quais você convive, prejudicando muito a qualidade de vida no ambiente de trabalho.

Fonte: Livro – O que nos podemos aprender com os ganços

O que podemos aprender com os gansos

6 novembro, 2009

gansos

Podemos aprender muito com os gansos selvagens. Quando um ganso bate as asas, por exemplo, voando numa formação em V, cria um vácuo para a ave seguinte passar, e o bando inteiro tem um desempenho de 71% melhor do que se voasse sozinho.

Veja na íntegra »